ArtigosDestaque

Ligações energéticas

Por Renata Nunes, especial para o Click News

 

QUANDO você se conecta com alguém interagindo com essa pessoa, ou até mesmo pensando ou falando sobre ela, você está criando um laço energético. Esse laço é muito parecido com uma sonda que transporta informações, que serão lidas e decodificadas por seu sistema psíquico/emocional, criando vínculos fortes.

Uma vez estabelecida essa conexão, vocês começarão a trocar informações energéticas, que podem ser positivas ou negativas.

Se estamos dentro de um vínculo saudável, isso nos trará bons pensamentos, bons sentimentos e por consequência, boas energias. Por outro lado, se estamos em um vínculo com alguma pessoa que não nos ame, ou que pense negativamente em nós, estaremos recebendo bloqueios, obstáculos, maus pensamentos e por consequência más energias. E isso pode se dar em qualquer relação humana, não só nas ligações românticas.

Essas informações ficam gravadas em nosso Corpo Emocional, gerando uma energia de atração que nos predispõe a situações, emoções e relacionamentos que vão ressoar com elas.

É essencial resolvermos esses conflitos, pois se não o fizermos, podemos passar toda a vida repetindo padrões, tropeçando nos mesmos erros. Quando acumulamos energias conflituosas, o corpo acaba cobrando esse preço na forma de fadiga, doenças e sensação de viver uma vida sem sentido.

Cortar esses laços traz sua energia às origens e você libera as energias que não são condizentes com sua essência, porém, sem perder as conexões amorosas, como as boas lembranças e a imagem positiva da pessoa com quem o corte é feito.

Existem várias ligações energéticas prejudiciais como:

  • Ataques e Ganchos Psíquicos ->são ligações energéticas predatórias de agressão em pensamento que alguém pode ter com outra pessoa.São criados através dos nossos apegos emocionais em relação às pessoas. Pensamentos e emoções geram ectoplasma (o mesmo que: energia vital/fluido psicossomático/energia bioconsciencial), que voluntária ou involuntariamente é direcionado/cedido aos demais seres. Sentimentos como simpatia, piedade, compaixão, preocupação, criam vínculos energéticos fortes. Na ponta oposta, sentimentos em desequilíbrio, como: amor obsessivo, ódio, raiva, ciúme também geram ganchos psíquicos que são desfavoráveis ao nosso bem-estar e equilíbrio.
  • Fragmentos de Alma ->são a energia da “essência” de um outro indivíduo que você “retém”, ou da sua essência que você “deixou” com o outro. Essa troca pode estar drenando a energia da sua psique. Fragmentos de alma podem ser a razão pela qual continuamos a pensar em alguém por anos após deixá-lo.E isso nos mantém presos energicamente a essa pessoa, nos impedindo de refazer a nossa vida de forma saudável e até mesmo bloqueando de nos abrir a um novo relacionamento.
  • Votos, Pactos, Acordos e Juramentos -> são acordos feitos, por vezes, até consigo mesmo, tipo: “juro que…”, “nunca mais…”, “prometo…”. Votos ou juramentos feitos em iniciações, casamentos e cerimônias. Votos de pobreza, de celibato, votos de “até que a morte os separe” e tantos outros. Eles ficam impregnados na sua memória celular, no seu átomo permanente, causando bloqueios por tempo infinito até que você, conscientemente, resolva se liberar daqueles que já não fazem sentido pra você.
  • Coração e Alma partidos ->é resultado das feridas e traumas emocionais de relacionamentos com mágoas profundas e ataques contínuos e muito graves.

E aqui vem a pergunta: – Como faço para me livrar ou liberar isso? A técnica do Tethahealing é uma excelente ferramenta para esse processo, mas existem outras ferramentas que trabalham essas liberações, como Meditação, Terapia Multidimensional e Reiki.

Busque em um primeiro passo, tomar consciência desses laços prejudiciais, num segundo momento se livre desses bloqueios energéticos para que você possa viver uma vida livre e realmente autêntica.

Viver em estado de equilíbrio pleno deve ser nossa busca primordial!

Com amor,

*********


Renata Nunes  é  psicoterapeuta Holística

4 Comentários

  • Nossa Renata, isso é muito sério e complicado. Muitas vezes me vejo presa a pessoas do passado… Precisamos fazer umas sessões de Thetahealing para trabalhar isso. Mais uma vez seu texto é impecável. Vai juntando, acho que daria um livro incrível.

    • Renata, esse artigo é um dos mais importantes que você já escreveu, “Ligações Energéticas”, pois não tem como não conviver com as pessoas e de uma forma ou de outra, estamos sempre nos ligando às pessoas. Então, que aprendamos a nos relaciobar da forma correta e assim, termos apenas ligações amorosas e de luz. Devemos procurar trabalhar o autoamor para também termos laços de amor e luz para conosco mesmos.
      Excelente matéria.

Deixe uma resposta