Latest Posts

- Advertisement -
Click News

Latest Tweets

DestaqueGeral

Inmet emite alerta de perigo para temporais e ventos de até 100 km/h em Goiás

Foto de arquivo

Segundo instituto, há risco também de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas. Veja a previsão do tempo para algumas cidades na véspera do feriado.

 

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta de perigo para temporais e ventos de até 100 km/h para várias cidades goianas entre esta sexta-feira (31) e domingo (2). Os maiores acumulados de chuva deverão ocorrer no norte, centro e leste de Goiás, de acordo com a previsão do tempo.

Segundo instituto, há risco também de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas em todo o estado.

Já de acordo com o Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas do Estado de Goiás (Cimehgo), o fenômeno acontece devido à formação de um corredor de umidade sobre o estado, que favorece o surgimento de áreas de instabilidade em várias regiões.

O Cimehgo destaca que vai ter pancadas de chuvas isoladas, que podem ser volumosas, acompanhadas de rajadas de vento e raios em Goiás.

Veja a previsão do tempo para algumas cidades no sábado (1º):

  • Goiânia
    Máxima: 20ºC
    Mínima: 25ºC
  • Três Ranchos
    Máxima: 24ºC
    Mínima: 20ºC
    Chuva: 12mm
  • Caldas Novas
    Máxima: 26ºC
    Mínima: 20ºC
  • Pirenópolis
    Máxima: 24ºC
    Mínima: 19ºC
  • Aruanã
    Máxima: 27º
    Mínima: 22º

Comunidades ilhadas por causa das chuvas

Alguns municípios goianos vêm sofrendo com os temporais que caíram nesta semana. Em Niquelândia, no norte do estado, a prefeitura decretou estado de calamidade pública depois que duas pontes foram levadas pela correnteza em rios do município.

A região da Chapada dos Veadeiros, no nordeste do estado, foi duramente afetada pelas chuvas. Cerca de 1 mil famílias estão ilhadas após estragos em Cavalcante e Monte Alegre de Goiás. As prefeituras dessas cidades também decretaram estado de calamidade pública.

Parte de estrada é levada por chuva em Cavalcante Goiás — Foto: Reprodução/Prefeitura de Cavalcante

Parte de estrada é levada por chuva em Cavalcante Goiás — Foto: Reprodução/Prefeitura de Cavalcante

Várias comunidades quilombolas estão com as casas e lavouras debaixo d’água. Estradas e pontes tiveram que ser interditadas por causa da cheia dos rios.

Moradores, bombeiros e trabalhadores do governo fizeram uma corrente humana na sexta-feira (31) para levar alimentos às comunidades quilombolas do Vão do Moleque e Vão das Almas, duas fortemente atingidas por temporais.

O Governo de Goiás e a Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) levaram 600 cestas básicas e 600 cobertores para entregar aos moradores atingidos dessas comunidades quilombolas.

Cratera formada na GO-118 em Goiás Cavalcante — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

 

Por Rafael Oliveira, g1 Goiás

Deixe um comentário