Latest Posts

- Advertisement -
Click News

Latest Tweets

DestaqueMundo

Brasileiros são maioria entre os 555 mil estrangeiros em Portugal

Estrangeiros e brasileiros em protesto do Comitê dos Imigrantes de Portugal em Lisboa | Divulgação/CIP

O número de residentes estrangeiros em Portugal aumentou 40% em 10 anos. É o que descobriu o Censo realizado no país este ano. Os dados preliminares foram divulgados na quinta-feira (16).

Entre os 555.299 estrangeiros residentes, 5,4% da população, a maioria tem sido brasileira ao longo dos últimos anos. A comunidade que vive no país supera os números oficiais e, na realidade, é muito maior que os dados expostos na planilhas dos órgãos do governo.

Segundo o último relatório do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), existem 183.993 brasileiros residindo de maneira considerada oficial, com documentos válidos.

Mas a conta do SEF só vai até dezembro de 2020 e exclui brasileiros com cidadania portuguesa e europeia que residem no país. Também ficaram de fora os brasileiros em processo de regularização.

Outro dado: milhares de renovações de residência foram feitas em 2021. São brasileiros com intenção de ficar pelos próximos anos. E não há registros oficiais de uma grande volta em massa e recente ao Brasil.

Pelo contrário. A população brasileira residente bateu recorde na pandemia, como informou o Portugal Giro, e mais de 100 mil entraram no país desde a reabertura ao turismo, em setembro.

Uma grande parte deverá ficar em solo português após o tempo legal de permanência como turista, como tem sido ao longo dos anos. E estes novos residentes só entrarão na lista oficial quando forem regularizados.

Recentemente, o Ministério das Relações Exteriores do Brasil divulgou os dados estimados da diáspora brasileira. E Portugal só fica atrás dos Estados Unidos (1,7 milhão) em número de expatriados. Segundo o Itamaraty, são 276 mil brasileiros em Portugal, quase 100 mil pessoas a mais que no relatório do SEF.

Logo, segundo estimativa do Itamaraty, a população brasileira residente em Portugal é pelo menos a metade dos estrangeiros encontrados pelo Censo. A outra metade está diluída em diversas nacionalidades.

Já o professor Eduardo Picanço Cruz, da Universidade Federal Fluminense, citado em reportagem do “Valor Econômico”, estima que o número de brasileiros em Portugal é de aproximadamente 350 mil pessoas, ou 63% dos estrangeiros.

Em seu estudo, Picanço contextualizou que o fluxo de “imigrantes brasileiros em Portugal é composto por indivíduos com maior capacidade financeira e empreendedora, alto nível de qualificação profissional ou por indivíduos que buscam maior qualificação (estudantes de mestrado e doutorado e pesquisadores)”.

Porém, no cotidiano, é perceptível que há brasileiros de diversas classes sociais e com as mais variadas profissões e perspectivas de vida em Portugal.

Além de Portugal ter perdido população (tem 10,3 milhões, menos 217 mil) pela primeira vez desde 1970, a faixa acima de 65 anos foi a única que cresceu.

Em contato com a coluna, o Instituto Nacional de Estatística (INE) informou que os números definitivos do Censo só serão divulgados no último trimestre de 2022.

 

 

Por Gian Amato - O Globo

Deixe um comentário