Entretenimento

Walking Dead perde quase 3 milhões de telespectadores em dois anos

A primeira metade da quinta temporada de Walking Dead registrou nos EUA 14,56 milhões de telespectadores por episódio, melhor marca da atração. Àquela altura, o grupo de sobreviventes liderados por Rick Grimes (Andrew Lincoln) deixava para trás os canibais de Terminus, encontrava abrigo na igreja do padre Gabriel (Seth Gilliam) e enfrentava a morte de Beth (Emily Kinney).

A sétima temporada veio cheia de expectativas, com um novo vilão aterrorizante, mas começou muito bem. Após uma estreia vista por 17,03 milhões de pessoas nos EUA, a série foi perdendo público a cada episódio. No último domingo, teve 10,58 milhões de telespectadores.

Um dos motivos para essa queda brusca foram os episódios arrastados, concentrados em um ou dois personagens, às vezes secundários. Nos oito episódios, apenas cinco dias se passaram na linha de tempo da série.

A boa notícia para os fãs de The Walking Dead é que o restante da sétima temporada promete ser mais agitado, com um mega confronto. Três comunidades se juntarão para derrotar o vilão Negan (Jeffrey Dean Morgan).

Uma das séries mais vistas no mundo, The Walking Dead tem concorrência ferrenha nos EUA. A série, exibida pelo canal pago AMC, bate de frente com o duelo mais importante da rodada da NFL, a liga profissional de futebol americano, que vai ao ar na rede de TV aberta NBC.

A série já venceu os jogos algumas vezes, mas no último domingo a derrota foi colossal. O confronto entre o time mais popular da liga, Dallas Cowboys, contra o New York Giants teve 25,6 milhões de telespectadores, maior audiência da temporada para a NFL e melhor número nesta altura do campeonato desde 1989.

Fonte: UOL

Deixe uma resposta