Latest Posts

- Advertisement -
Click News

Latest Tweets

DestaquePrefeitura de GoiâniaSaúde

Vacinação em Goiânia está suspensa por falta de doses, diz Prefeitura

Foto de arquivo (Secom)

Governador Ronaldo Caiado anuncia que novas doses do imunizante devem chegar às 00h40 de sexta-feira, 2. “São 266.800 mil novas doses, sendo 241.800 da CoronaVac e 25.000 da AstraZeneca”, escreveu nas redes sociais

 

A Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia interrompeu a campanha de vacinação contra a Covid-19 nesta quarta-feira (31), por falta de doses. Da manhã desta quinta-feira (01), que até a próxima segunda-feira (05), não haverá aplicação nem da primeira e nem segunda dose da vacina contra Covid-19 no município. Segundo a pasta, as esquipes de saúde aguardam o recebimento de novas doses do medicamento por parte do Ministério da Saúde para dar continuidade ao Plano Municipal de Vacinação na capital.

A previsão, ainda de acordo com informações repassadas pela Saúde municipal, é que novo lote chegue na próxima segunda-feira. Porém, o governador Ronaldo Caiado (DEM) anunciou nesta manhã que mais vacinas já estão a caminho. “Sao 266.800 mil novas doses, sendo 241.800 da CoronaVac e 25.000 da AstraZeneca”, escreveu o democrata. E completou: “Ótima notícia para começar a quinta, né verdade? E seguimos trabalhando para trazer ainda mais doses para nossa gente”. A expectativa, segundo o governador é de que as novas doses cheguem às 00h40.

Em relação às doses aplicadas, a secretaria informou que 235.855 pessoas foram vacinadas até esta quarta-feira. Da 1ª dose, foram 181.563 idosos vacinados, o que corresponde a 12% da população goianiense, além de 58.742 de reforço, contemplando 3,9% da população.

Os idosos de 65 anos começaram a ser vacinados na terça-feira (30) e os de 77 anos ou mais receberam a segunda dose da CoronaVac. Atualmente, a secretaria ampliou para 25 pontos de vacinação para acelerar a campanha de imunização.

Nota da SMS

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informa que o atendimento vacinal será retomado na próxima semana, mediante o recebimento de nova remessa e consequente planejamento dos grupos contemplados. A SMS destaca, ainda, seguir o preconizado pelo Ministério da Saúde, por meio do Plano Nacional de Imunização.

Deste modo, a abertura de cada faixa etária deve ser feita de forma planejada, garantindo a aplicação das duas doses, uma vez que este é o requisito para imunização eficaz. A Secretaria destaca, ainda, já ter aplicado 181.563 doses da primeira etapa, o que corresponde a 12% da população goianiense, além de 58.742 de reforço, contemplando 3,9% da população. Ambos os índices superam a média nacional de cobertura vacinal.

Deixe um comentário