Latest Posts

- Advertisement -
Click News

Latest Tweets

DestaqueSaúde

Trindade registra redução de quase 95% de casos de internação por covid-19, em janeiro

Foto: Divulgação

Nesse período foram confirmados 19.080 casos da doença no município. Desse total, 15.811 (82,87%) conseguiram se recuperar. Vacinação segue contínua. Testagem em massa para pessoas sintomáticas permanece no Parque Lara Guimarães, Hospital Estadual de Trindade (Hetrin) e UPA Dilson Alberto de Souza

 

A Prefeitura de Trindade, por meio do Gabinete de Operação de Emergência e Saúde (GOE/Covid-19), divulgou a nota técnica nº 001/2022 com números desde o início da pandemia (março/2020) até 31 de janeiro de 2022.

Nesse período foram confirmados 19.080 casos da doença, em Trindade. Desse total, 15.811 (82,87%) conseguiram se recuperar.

De 1º a 31 de janeiro deste ano foram registrados 3.932 novos casos. Comparado a março de 2021, quando aconteceu o pico da primeira onda em Trindade, houve um aumento de 70,95% novos casos. Já em comparação a junho/julho de 2021 (2ª onda) o aumento chega a 137,72%.

Apesar do aumento de casos positivos no início deste ano, o número de pacientes internados em enfermarias ou semi-intensivo caiu quase 95%.

Em 31 de março do ano passado eram 38 pacientes internados em Trindade, 28 estavam em enfermarias e 10 em leitos semi-intensivos. Em 31 de janeiro deste ano, 2.784 casos estavam ativos, mas somente duas pessoas foram internadas em leitos de enfermarias.

Todos os demais receberam orientação da equipe médica da Prefeitura de Trindade, por meio da Secretaria de Saúde, e realizaram o isolamento, tratamento e recuperação em casa.

Em dezembro de 2021, 66 pessoas foram confirmadas com Covid-19, em Trindade. Deste total, três ficaram internadas em leitos de enfermaria.

Durante todo mês de janeiro deste ano foram notificados 3.932 casos e 31 pessoas foram para leitos de enfermaria. Em números proporcionais isso significa uma redução de 82,60% de ocupação de leitos.

Óbitos

Em março 2021, foram registrados, em Trindade, 93 óbitos. O número passou para 22 mortes em junho/21 e 35 pacientes perderam a vida por Covid-19 no mês de julho do ano passado no município. O número caiu substancialmente em janeiro de 2022 quando foram registrados 03 óbitos.

Vacinação

A vacinação contra a Covid-19, em Trindade, segue contínua. Entre 19/01/2021 e 31/01/2022, com a soma de todas as doses para adultos e crianças (1ª, 2ª, 3ª e a 4ª para pessoas imunossuprimidas) o município chega a 210.347 imunizados contra a Covid-19.

O percentual de vacinados no município, comparado aos estudos apresentados anteriormente pelo GOE, evidencia e justifica a diminuição de internação e óbitos de pessoas positivadas no município.

Testagem

A testagem em massa para pessoas sintomáticas de Covid-19, em Trindade, continua no Parque Lara Guimarães, no Hospital Estadual de Trindade (Hetrin) e na UPA Dilson Alberto de Souza.

A testagem também apresentou aumento no município. Em janeiro de 2022 foram realizados 20.343 testes. Em relação a dezembro do ano passado, o número de testes realizados em Trindade aumentou 564,37%. Quanto a março/21 o aumento foi de 241,04%.

A nota técnica emitida pelo GOE mostra que, somente em janeiro deste ano, o número de testes positivos e a procura por testagem no município foi maior que o ano de 2021 inteiro, situação que indica o maior potencial de transmissibilidade do vírus.

O documento indica a continuidade da testagem em massa para que seja feita a observação sistemática dos indicadores e, assim, tomadas as medidas necessárias para o melhor atendimento à população.

Outra recomendação do GOE é que seja mantido o uso de máscaras em todos os ambientes, principalmente naqueles que apresentem aglomeração de pessoas, além da intensificação do uso de álcool 70% nos estabelecimentos.

Existe uma previsão de aumento de casos para este mês de fevereiro, sendo assim, recomenda-se fiscalizações contínuas para acompanhamento da elevação da curva de transmissão do vírus.

Goiás

O Centro Estadual de Operações de Emergência para enfrentamento ao coronavírus (COE) divulgou esta semana que a taxa de mortalidade pela Covid-19 em Goiás, no mês de janeiro, foi 23 vezes maior entre as pessoas que tomaram uma ou nenhuma dose das vacinas contra a doença. Entre os pacientes com mais de 60 anos a diferença chega a 26 vezes.

Por Agência Municipal de Comunicação de Trindade

Deixe um comentário