Latest Posts

- Advertisement -
Click News

Latest Tweets

DestaquePolítica

“Toda conquista só se concretiza com a união de todos…”

Com ministro, senador comemorou sanção da Lei Complementar que permite que as universidades supernovas façam contratação de pessoal

“…Foi isso que fizemos para conseguir essa vitória para as universidades supernovas”, disse Vanderlan no Ministério da Educação

 

O senador Vanderlan Cardoso (PSD-GO) participou, nesta terça-feira (20), no Ministério da Educação, das comemorações pela sanção da Lei Complementar Nº 180, que permite que as chamadas universidades federais supernovas, entre elas, de Jataí e Catalão, em Goiás, possam fazer contratação de pessoal.

A reunião foi liderada pelo ministro da educação, Milton Ribeiro, e teve a participação de senadores, deputados, reitores, entre outras autoridades. Vanderlan, que é coordenador do grupo de trabalho que atua no processo de independência das universidades criadas pelo Ministério da Educação em 2019, falou que o sentimento hoje é de gratidão.

“Hoje foi dia de agradecer o ministro da educação, Milton Ribeiro, e toda a sua equipe por atender uma demanda antiga de seis universidades federais brasileiras. Meus agradecimentos também ao deputado José Nelto, relator do projeto na Câmara, aos senadores Wellington Fagundes e Weverton, autores no Senado, e aos reitores que abraçaram essa causa. Tenho a honra ser o coordenador do processo de autonomia destas universidades. Toda conquista só se concretiza com a união de todos e foi isso o que aconteceu”, disse Vanderlan.

Milton Ribeiro também falou sobre a importância da sanção da Lei Complementar Nº 180 para o ensino superior brasileiro e agradeceu a todos os envolvidos. “O momento é de gratidão a todos os parlamentares, reitores e assessores envolvidos nessa luta. Pode parecer pouco, mas nós não tínhamos nada e hoje temos essa vitória”, disse o ministro.

Projeto – De autoria dos senadores Wellington Fagundes e Weverton Rocha, o PLP 266/2020, que deu origem à Lei Complementar Nº 180, foi aprovado no Senado Federal no último mês de dezembro. A iniciativa abre o caminho para a realização de concursos públicos, pois além das universidades a lei beneficia também a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), que poderá abrir concurso para a contratar profissionais de saúde nos hospitais universitários e ajudar na pandemia do coronavírus.

Supernovas – As chamadas universidades supernovas foram criadas pelo Ministério da Educação em 2019. São elas: Universidade Federal de Jataí (UFJ), Universidade Federal do Agreste de Pernambuco (Ufape), Universidade Federal de Rondonópolis (UFR), Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPar) e Universidade Federal de Catalão (UFCat) e Universidade Federal do Norte do Tocantins. A partir da criação, as universidades vêm lutando por sua autonomia administrativa e financeira.

 

 

Por Patrícia Pinheiro

Deixe um comentário