Latest Posts

- Advertisement -
Click News

Latest Tweets

CidadesDestaqueGeral

Romaria do Divino Pai Eterno pode ser presencial em 2022

(Foto: Divulgação)

Modo de realização do evento será definido até maio; caso seja liberada, cidade deve adotar protocolos sanitários mais rígidos ao evento

 

O prefeito de Trindade, Marden Júnior, acompanhado de vários secretários, participou nesta quarta-feira (16), de reunião na Basílica do Divino Pai Eterno, a convite dos religiosos da organização da Romaria do Divino Pai Eterno 2022. Ficou acertado que a Romaria deve ser preparada, mas seu formato (presencial ou virtual) será definido após o cenário epidemiológico da pandemia Covid-19 de maio ser definido.

A reunião foi organizada para que as autoridades envolvidas no atendimento aos milhares de romeiros que prestigiam a festa, falassem sobre a disposição de organizar a Romaria este ano de forma presencial, “que é um desejo de todos”, afirmou o prefeito. A reunião foi coordenada pelo padre João Paulo, reitor da Basílica, e pelo padre João Bosco, pároco da Matriz de Trindade.

O reitor fez um histórico dos dois últimos anos, em que a Romaria foi impactada pela crise sanitária causada pela pandemia, e destacou o clamor dos fiéis pela oportunidade de retomar as celebrações de forma presencial. “É necessário para a Igreja organizar desde já, assim como os fiéis e carreiros precisam se preparar, mas temos de ter maturidade para suspender essa programação, se preciso”, reconheceu ele.

Nesta linha, Marden Júnior disse que “o coração trindadense pede para que a romaria aconteça presencialmente, mas o lado da razão pensa na saúde pública”. Em entrevista coletiva, depois da reunião, ele alertou ainda que a grande presença de visitantes de outras cidades e estados durante a Romaria sinaliza que o cenário nacional da pandemia (com circulação de mais uma cepa de Coronavírus, a Deltacron), exige muito cuidado e até protocolos mais rígidos caso a Romaria aconteça presencialmente.

O coordenador do Gabinete de Operação de Emergência e Saúde (GOE-Covid-19), Cristiano Galindo, defendeu que Trindade espelhe os padrões exigidos em grandes eventos realizados em outros estados e países durante os meses mais recentes da pandemia. Ele citou o passaporte vacinal e a testagem como dois exemplos.

Desta forma, de acordo com o cenário de maio, os protocolos vão apontar se será exigido cartão de vacinação, testes de Covid, máscara facial, proibição de shows, e outras medidas que podem ser utilizadas para conter a pandemia. Para ajudar nisto, os religiosos presentes já anunciaram que as missas mais tradicionais serão realizadas do lado externo, no estacionamento da Basílica, e não no interior dela, como seria tradicionalmente.

O cenário de vacinação e queda de casos positivos, apontada nas testagens em Trindade, é favorável à realização da Romaria presencial hoje, enfatizou também o secretário municipal de Saúde de Trindade, Rogério Taveira. Mas ele alerta que este cenário precisa também ser favorável próximo da Romaria, marcada para acontecer entre 24 de junho e 3 de julho este ano.

Neste sentido, caso o cenário epidemiológico não seja positivo, o secretário de Comunicação da Prefeitura, Urias Júnior, frisou que a Prefeitura de Trindade vai apoiar outras formas de preservar a celebração. Ele lembrou que, em 2021, entre outras coisas, o município criou até mesmo um aplicativo para que fiéis de qualquer local pudessem fazer a Romaria virtualmente, com paradas para terços e compartilhamento de mensagens religiosas.

De qualquer forma, os secretários municipais presentes externaram o desejo geral de que a Romaria deste ano possa ser presencial, desde que segura.

Gustavo Queiróz, secretário de Indústria, Comércio e Serviços, por exemplo, destacou que a expectativa é grande e já houve até a ampliação do quadro de fiscais se houver permissão para bancas e camelôs. Também citou que o prefeito adiou o pagamento da taxa anual para obter Licença de Funcionamento (TLF) para depois da festa, como forma de contribuir com comerciantes mais impactados, como os da hotelaria.

O secretário de Segurança Pública e Patrimonial, Juliano dos Reis, responsável pela Superintendência Municipal de Trânsito (SMT), também disse que a área estará preparada se a Romaria for presencial.

Já o secretário de Turismo e Cultura, Warley Lopes, pontuou que tem feito articulações com órgãos estaduais para que eles se planejem para a festa presencial, e sugeriu campanhas educativas para atingir os romeiros quanto aos protocolos que forem exigidos na ocasião. O aval do governo Estadual para celebrações presenciais é esperado para vir mais próximo da realização da Romaria.

Integrantes das forças de segurança pública representaram o Governo do Estado no encontro. Os representantes da Polícia Militar informaram que já foi planejado um efetivo de aproximadamente 3 mil PMs, estimando um público de 3 milhões de fiéis nos dez dias da Romaria do Divino Pai Eterno deste ano, se a festa for presencial.

Do Corpo de Bombeiros, houve a disposição de coordenar a Sala de Gestão Integrada reunindo todos os órgãos envolvidos na organização da Romaria. A Polícia Civil foi colocada à disposição para contribuir. Do Conselho Municipal de Turismo e da Federação dos Hotéis, vieram palavras de incentivo à realização dos eventos presencialmente.

Deixe um comentário