Latest Posts

- Advertisement -
Click News

Latest Tweets

DestaqueGoiâniaProcon

Procon aponta variação de mais de 220% em preços de peixes, durante Quaresma

(Foto: Divulgação)

Coleta de dados também demonstra que o preço da dúzia de ovos de galinha, com variação de 33,39%

 

Pesquisa do Procon Goiânia, realizada entre os dias 21 e 25 deste mês, em 11 peixarias da capital apontou variação no preço dos peixes durante a Quaresma. No levantamento, os fiscais identificaram alteração de até 223% no valor dos pescados. O levantamento apontou maior diferença no quilo da caranha, em seguida da posta de piramutaba, filé de merluza, salmão e sardinha. Além da variação de mais de 22o% no preços de peixes, a pesquisa demonstrou ainda diferença de 33,39%, no custo da dúzia dos ovos de galinha.

De acordo com a pesquisa, a maior alteração foi identificada no quilo da caranha, com variações de preços entre R$ 17,90 e R$ 57,90. No quilo da  piramutaba, no entanto, a variação chegou a 203,08%, com preços de R$ 19,79 a R$ 59,98.

As altas mudanças foram encontradas, também, no quilo do filé de salmão, cujos preços variam entre R$ 61,98 a R$ 159,80, no filé de merluza cuja variação foi de mais de 160%, além da sardinha, que apresentou alteração de até 139,42% nos valores.

As menores variações de preço de peixes, no entanto, são do linguado, badejo, bacalhau do Porto e dourada.

Os fiscais do Procon também identificaram mudanças nos preços da dúzia de ovos de galinha, alimento bastante consumido, pela restrição de carne vermelha por muitos religiosos, na Quaresma.

Segundo a pesquisa, a alteração de valores na dúzia de ovos vermelhos pode chegar a 90%. No entanto, na de ovos brancos, a diferença de preços varia de R$ 5,99 a R$ 7,99.

Procon orienta consumidores na compra de peixes durante Quaresma

Diante da variação encontrada, o Procon Goiânia alerta aos consumidores que compram peixes durante a Quaresma, a aproveitarem promoções e negociarem preços. Além disso, se possível, a orientação é substituir pescados considerados nobres pelos de preços mais acessíveis.

Em caso de dúvidas e denúncias, a população pode acionar o Procon Goiânia pelos telefones (62) 3524-2942/2936.

Deixe um comentário