Latest Posts

- Advertisement -
Click News

Latest Tweets

ArtigosDestaque

PREVENIR É PRECISO

Foto Reproduçao

 

* Por Jeverson Missias de Oliveira

 

A fala de hoje não é o assunto que eu gostaria de estar tratando.

Mas é necessária essa abordagem para que as pessoas continuem focadas nas questões relativas à prevenção e cuidados.

Grande parte de nós continua relapsa na forma de agir com relação ao enfrentamento da pandemia nesse triste momento em que vivemos.

Estamos convivendo com uma nova cepa a p-1, infelizmente difundida mundo afora como a cepa brasileira, comprovadamente contagiante e mais agressiva.

São assustadores os números diários de casos e mortes que vem aumentando em progressão geométrica nos últimos dias.

E segundo pesquisadores não será nenhuma surpresa se nos próximos dias essa conta ficar mais estarrecedora.

A falência e exaustão do sistema de saúde é algo cristalino. O poder de multiplicação do vírus é infinitamente maior que nossa capacidade de tratá-lo.

Na maioria dos estados, quase que a totalidade, hospitais e profissionais de saúde estão exauridos. Filas se formam com pacientes em estado terminal em busca de uma uti.

Não adianta o ministro da saúde pregar aos quatro cantos que não existe possibilidade de se esgotar a assistência a saúde. Balela. Nenhum país do mundo conseguiu até hoje que seu sistema de saúde se sobrepor à doença.

Como o governo não tem feito muito bem o seu papel, no planejamento, aquisição e distribuição das vacinas, nós temos que ter mais disciplina.

São inúmeras as pessoas que continuam minimizando a pandemia, comparando a quantidade de vidas ceifadas pela covid com outras que normalmente fazem parte do nosso cotidiano.

Não interessa, agora, se a somatória de mortes por outras doenças seja superior.

Sabemos que é importante a manutenção da das atividades econômicas, que movimentam a roda da vida. Mas, entretanto, nos parece que essa política do “MEIO A MEIO”*  não será a ferramenta ideal para debelarmos o vírus.

Em época de guerra medidas drásticas precisam ser tomadas. É a lei da sobrevivência. Estamos em guerra! É preciso nos prevenirmos.

Cuidemos um do outro. Sejamos solidários.

*Me perguntaram o que é MEIO A MEIO?

É algo assim:

“Meio que funciona algumas coisas outras não”.

Jeverson Missias de Oliveira é Economista, Bacharel em Direito com Especialização em Ciências Políticas e Administração Pública, Radialista e Jornalista.

 

 

 

 

 

 

 

 

VEJA VÍDEO COM ESTA MATÉRIA:

https://www.youtube.com/watch?v=fI2lJK8f3DQ

Deixe um comentário