Latest Posts

- Advertisement -
Click News

Latest Tweets

DestaqueEducação

Prefeitura retoma Projetos Alfadown e o Aprender a Pensar online

Foto: Divulgação ( SME )

Estão abertas as inscrições das atividades remotas da Jornada do Programa de Referência em Inclusão Social (PRIS), que atendem alunos da rede municipal com Síndrome de Down e que apresentam dificuldades no desenvolvimento e interação social

 

A Secretaria Municipal de Educação (SME), em parceria com a Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-Goiás), retoma as atividades online da Jornada do Programa de Referência em Inclusão Social (PRIS). O Projeto Alfadown e o Projeto Aprender a Pensar (PAP) estão com inscrições abertas para os educandos da SME e para voluntários que queiram participar das ações.

Também nesse semestre, terão continuidade os encontros virtuais formativos com algumas escolas da rede, o PRIS nas escolas. A Jornada do PRIS é realizada de forma remota por meio da Plataforma Teams e as formações disponíveis são 100% online e abertas para profissionais da área, estudantes e pessoas que tenham interesse na temática.

Projeto Alfadown

O projeto tem objetivo de auxiliar no processo de alfabetização e letramento de crianças, a partir de 6 anos, jovens e adultos com Síndrome de Down, utilizando o computador como ferramenta educacional. Visa possibilitar o desenvolvimento de habilidades sociais, considerando que estas são fundamentais para que, de fato, os educandos se apoderem do espaço social.

O atendimento é realizado por meio de atividades remotas, desde o início da pandemia, com formações dos voluntários, envio, acompanhamento e avaliação de atividades dos educandos, organização e realização de Lives, e contato online com pais e alunos.

Há vagas disponíveis e os interessados podem entrar em contato pelo telefone (62) 3309-6155.

Projeto Aprender a Pensar

O objetivo do PAP é estimular a autonomia dos educandos assistidos, buscando a ampliação de capacidades e competências de pensamento e criatividade por meio da construção de valores indispensáveis à natureza humana, como empatia, respeito, solidariedade, justiça, tolerância e responsabilidade.

O atendimento é direcionado a crianças, adolescentes e familiares, com dificuldades no desenvolvimento e interação social, de escolas públicas e privadas, com idade entre 7 a 17 anos. Os encontros são realizados virtualmente, às terças-feiras, divididos em grupos de até seis participantes, sempre das 14h30 às 16h pela Plataforma Teams.

Para as inscrições ou mais informações, ligar nos seguintes números: (62) 3309-6154, (62) 98181-5551 Andréa e (62) 98204-4577 Bethânia.

 

 

 

Por Adriene Bastos, da editoria de Educação

Deixe um comentário