Latest Posts

- Advertisement -
Click News

Latest Tweets

DestaqueGeral

Prefeitura de Goiânia reajusta em 40% recursos destinados à aquisição de merenda escolar

Fotos: SME
“Uma alimentação saudável e nutritiva é a base para que as crianças, jovens e adultos possam aprender com qualidade. Pensando nisso, estamos ampliando os recursos destinados à merenda e priorizando, no dia a dia, alimentos saudáveis, como frutas e verduras com alto teor de vitaminas”, destaca o prefeito  o prefeito Rogério Cruz

 

Após a Secretaria Municipal de Educação (SME) realizar estudos técnicos que apontaram aumento da inflação em Goiânia, a  Prefeitura de Goiânia ampliou em 40% os recursos destinados à aquisição de merenda escolar na Rede Municipal de Ensino.  A Secretaria Municipal de Educação considerou, sobretudo, o aumento dos preços dos alimentos acima da inflação, confirmado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Diiese), ao longo de 2021.

De acordo com o secretário de Educação de Goiânia, Wellington Bessa, houve a necessidade de reajuste dos repasses financeiros às unidades educacionais.

“Com a pandemia, os preços dos alimentos subiram. Em novembro do ano passado, por exemplo, o valor da cesta básica teve alta de 9,72% aqui em Goiânia”, pontua. “A inflação foi sentida pelas famílias e, também, pelas escolas. Por isso, a necessidade de ampliar os recursos voltados à merenda escolar”, observa.

Os repasses, com os valores reajustados, começam nesta semana, para escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis), responsáveis por adquirir os itens alimentícios, conforme os cardápios elaborados pelas equipes de nutrição da SME Goiânia.

A expectativa da Prefeitura de Goiânia é de que sejam servidas mais de 21 milhões de refeições, neste semestre. Ao todo, durante o ano de 2022, com ampliação dos recursos em 40%, a contrapartida do município destinada à merenda será de mais de R$ 18 milhões. Já o Governo Federal deve repassar cerca de R$ 13 milhões para o programa de alimentação escolar da capital.

Em Goiânia, os recursos destinados à aquisição de merenda são repassados, de forma descentralizada, às instituições de ensino. Além de cotar e adquirir os itens no comércio local, as escolas e Cmeis seguem as orientações da SME Goiânia sobre o reforço na alimentação dos estudantes com oferta de frutas, verduras e de vitamina k, que tem como fonte a proteína animal.

 

 

 

Da Redação do Click News
Mariana
the authorMariana

Deixe um comentário