“Quero que todos vigiem. É um absurdo. Criança usa o mesmo banheiro. É o comunismo na cidade de Bauru. Uma vergonha”, alertou uma mulher em um vídeo que viralizou na última semana.A prefeita Suéllen Rosim (Patriota) já havia afirmado em rede social que providências seriam tomadas contra a unidade e que as exigências sanitárias do município não foram cumpridas pela lanchonete.

“Em relação a um vídeo que circula na internet sobre os banheiros de uma rede de lanchonete em Bauru, a Vigilância Sanitária esteve no local e as exigências do Código Sanitário do município não estão sendo cumpridas “, escreveu Suéllen Rosim.

Segundo a Vigilância Sanitária, o Código Sanitário estipula que “sanitários devem ser separados e identificados, para cada sexo.”

O McDonald’s tem 15 dias para se manifestar sobre os banheiros multigênero.