Latest Posts

- Advertisement -
Click News

Latest Tweets

DestaquePolítica

“O Senado não vota nada no açodamento”, diz Vanderlan durante entrevista na Rádio CBN Goiânia

Foto: Divulgação

Senador falou sobre projeto que classifica combustíveis e energia como itens essenciais para limitar tributação

Em entrevista concedida ao Programa Nas Trilhas da Política da CBN Goiânia com Cileide Alves, José Bonfim e Natália, o senador Vanderlan Cardoso (PSD-GO), falou, entre outros assuntos, sobre o Projeto de Lei Complementar (PLP) 18/2022.

A proposta de autoria do deputado Danilo Forte (União-CE), tramita na Câmara dos Deputados e considera, para fins de tributação, que os combustíveis, a energia elétrica, as comunicações e o transporte coletivo são itens essenciais e indispensáveis, não podendo ser tratados como supérfluos.

Para Vanderlan, se aprovada a mudança causará uma nova dinâmica tributária, principalmente nas esferas estaduais e municipais. Hoje, é alegado que as maiores arrecadações nesses locais advêm desses impostos. Na nova configuração, o teto não dará autonomia para definir a porcentagem em cima do tributo.

“O Senado não vota nada com açodamento. Somos uma Casa revisora. O presidente Rodrigo Pacheco já está ouvindo secretários de fazenda, governadores e estamos em contato com a equipe econômica para tratar sobre o tema. O PLC 18/2022 é um projeto muito impactante para ser votado no afogadilho”, disse Vanderlan.

 

 

Fonte: Patrícia Pinheiro

Deixe um comentário