Latest Posts

- Advertisement -
Click News

Latest Tweets

DestaqueSaúde

Modelo goiano de enfrentamento à Covid-19 é destaque em reunião do Conselho Nacional de Secretários de Administração

Ampliação de leitos em Goiás, durante a pandemia, é apresentada em reunião com representantes de mais de 20 estados.

Vice-governador Lincoln Tejota mostra como Goiás conseguiu regionalizar assistência em saúde durante pandemia. Método de trabalho do Goiás de Resultados também atraiu interesse de participantes

 

O vice-governador de Goiás, Lincoln Tejota, apresentou, nesta quinta-feira (22/04), a integrantes do Conselho Nacional de Secretários de Estado da Administração (Consad), reunidos em videoconferência, como o Governo de Goiás conseguiu atender às demandas urgentes impostas pela pandemia de Covid-19, ampliando a capacidade de assistência aos cidadãos em tempo recorde. O esforço do Governo foi apresentado sob o tema “Goiás de Resultados: Ações Planejadas que Ampliaram a Capacidade de Resposta à Covid”.

“Assumimos o governo em uma situação financeira muito difícil, com muitas dívidas e a capacidade de investimento muito reduzida. Isso exigiu de nós um ritmo diferenciado de gestão, planejamento e muito comprometimento, o que contribuiu para que pudéssemos enfrentar a pandemia de modo mais efetivo”, afirmou o vice-governador. “Tudo isso, para que a gente conseguisse atender aos anseios da população e dar uma resposta urgente à questão sanitária, conforme determinação do governador Ronaldo Caiado”, reforçou.

O vice-governador de Goiás, Lincoln Tejota

Segundo Tejota, o plano de governo dessa gestão contemplava a regionalização da saúde, já que, antes, os leitos de UTI estavam concentrados apenas em Goiânia, Aparecida de Goiânia e Anápolis. “Essa concentração na capital e proximidades, deixava um vazio assistencial para o cidadão que vive no interior. A pandemia acelerou a implementação dessa meta e, hoje, mais que triplicamos a quantidade de leitos de terapia intensiva, presentes em 21 cidades, o que corresponde a todas as macrorregiões de Goiás”, destacou.

Goiás de Resultados

O método de trabalho do Goiás de Resultados, programa criado pelo governador Ronaldo Caiado e coordenado pelo vice-governador, foi decisivo para que essas entregas, que já eram prioritárias para o governo, pudessem acontecer. O trabalho integrado entre todos os órgãos permite mais agilidade nos resultados, além de economicidade e otimização dos recursos. “Localizamos os gargalos e pudemos superar vários deles. O Hospital do Centro-Norte Goiano, em Uruaçu, é um exemplo disso. Há anos, a população esperava por ele, e nós conseguimos concluí-lo, beneficiando mais de um milhão de pessoas na região”, ressaltou Lincoln Tejota.

A líder de resultados da Secretaria de Estado da Saúde, Gabriella Albernaz, mencionou a importância das policlínicas, que já estão suprindo a assistência de média complexidade. Três unidades já foram inauguradas em Posse, Goianésia e Quirinópolis, e outras quatro estão sendo preparadas. “Por conta da pandemia, priorizamos os hospitais, mas, sem deixar de enxergar essa necessidade e trabalhar por ela”, explicou.

Além do enfrentamento à pandemia e a ampliação de leitos em tempo recorde, Lincoln Tejota apresentou outros produtos do Goiás de Resultados, como o Sistema Estadual de Informações Cidadãs (SEIC) e o Bebê Ipasgo, ferramentas inovadoras que contribuirão para a formulação de políticas públicas ainda mais assertivas. “Nosso objetivo é deixar políticas públicas de Estado e não de governo. Com essas ferramentas, vamos antever as situações e poder trabalhar de forma preditiva e ainda mais efetiva, tornando a gestão pública mais ágil e presente na vida da sociedade”, observou. “O governador Caiado sempre diz que temos que trabalhar com a ideia de que o cidadão é nosso cliente; atendê-lo de forma eficiente é nosso dever. Pensar e implantar iniciativas como essas nos deixam cada vez mais perto dessa meta”, acrescentou o vice-governador.

Madson Ribeiro, integrante do Comitê Gestor do Goiás de Resultados, apresentou o painel do programa, onde é possível acompanhar o andamento dos trabalhos e também abordou a metodologia de gestão adotada. “É um processo que envolve todos os órgãos da administração de Goiás, que engloba o apoio da alta direção e a integração entre estratégia, tática e operação”, disse.

O presidente do Consad, Fabrício Santos, elogiou o trabalho que vem sendo desenvolvido em Goiás, sob o comando do governador Ronaldo Caiado, e se prontificou a criar um grupo de trabalho no Conselho para que os estados interessados possam conhecer ainda mais de perto as ações promovidas pelo Governo de Goiás, por meio do Goiás de Resultados

Ciência de Dados

Além do Estado de Goiás, outros estados também apresentaram projetos na reunião do Grupo de Trabalho de Ciência dos Dados do Consad. O superintendente de Planejamento e Gestão do Mato Grosso do Sul, Thaner Nogueira, falou sobre a experiência do estado com as Salas de Situação. Já o secretário-adjunto de Gestão de Políticas Públicas de Mato Grosso, Sandro Campos, explanou sobre o Painel de Acompanhamento das Atividades Econômicas durante a pandemia. Por último, o supervisor de Dados e Análise Geográfica de Alagoas, Lionaldo dos Santos, apresentou o Painel de Informações sobre a Covid-19.

 

 

Por assessoria de imprensa da Vice-Governadoria - Governo de Goiás
Fotos: Fotos: Reprodução

Deixe um comentário