Latest Posts

- Advertisement -
Click News

Latest Tweets

DestaqueJustiça

Jovem que matou entregador e sobrinha da vítima de 7 meses por briga de trânsito é condenado a 51 anos de prisão

Entregador Edson Tavares e sobrinha de 7 meses são baleados em carro, em Aparecida de Goiânia, Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Jhonan Ferreira Brandão, de 27 anos, foi condenado a 51 anos de prisão por matar o entregador Edson Teixeira Aires, com 24 anos à época, e a sobrinha dele, Ana Clara Teixeira Tavares, com 7 meses de vida, e por tentar matar a mãe da bebê que estava com a menina no colo. Edson morreu na hora. A bebê foi socorrida, mas morreu no hospital. A irmã sobreviveu após ficar internada.

O crime aconteceu em dezembro de 2013. De acordo com a decisão, o entregador encostou a traseira do carro na frente do veículo de Jhonan quando tentou estacionar, em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital.

O jovem fugiu para o Mato Grosso (MT) após o crime, segundo a investigação. Ele foi localizado em Cuiabá pela Polícia Civil goiana, que avisou à polícia do estado para fazer a prisão. A sentença foi dada por júri popular na terça-feira (2), e presidido pelo juiz Leonardo Fleury Curado Dias.

“Agiu com extrema violência, já que, após uma discussão decorrente de um simples abalroamento de veículos, o réu [Jhonan Ferreira] perseguiu e efetuou vários disparos de arma de fogo contra a vítima, mesmo com pedidos de terceiros para que não fizesse”, destacou o magistrado.

De acordo com a denúncia feita pelo promotor Milton dos Santos Júnior, o entregador Edson Teixeira deixou o local por não querer confusão com Jhonan. Ele saiu junto com a irmã e a sobrinha bebê, mas foi perseguido. O jovem atirou contra os três sem mesmo descer do veículo.

Da Redação do Click News 
(Fonte:  g1 Goiás)
Mariana
the authorMariana

Deixe um comentário