Latest Posts

- Advertisement -
Click News

Latest Tweets

DestaqueSaúde

Hipertensão Arterial Sistêmica,  modificações no estilo de vida !!

Hipertensão arterial: alimentação tem importante papel na prevenção — Foto: Istock Getty Images

Hipertensão, mais conhecida como pressão alta, é uma condição crônica em que a pressão exercida pelo sangue nas artérias se mantém elevada. Muitas pessoas possuem pressão alta durante anos, sem ter conhecimento disso. Na maior parte das vezes, a hipertensão não apresenta sintomas, porém quando permanece sem tratamento, lesa artérias e órgãos vitais do corpo.

Considerada o principal fator de risco à saúde no mundo, a hipertensão causa doenças no coração (infarto e insuficiência cardíaca), no cérebro (derrame e demência), nos rins (insuficiência renal/hemodiálise), nas artérias (entupimento arterial) e nos olhos (cegueira).

A doença é confirmada pela medida elevada da pressão arterial em consulta médica, que envolve dois números: o da pressão arterial sistólica (valor mais alto) e o da pressão arterial diastólica (valor mais baixo).

Quando a pressão arterial está acima do limite normal – máxima de 130 e mínima de 85 mmHg, ou seja, acima de 13 por 8,5 e abaixo de 14 por 9, o indivíduo está com pré-hipertensão e deve ficar atento pois pode se tornar hipertenso. Se a pressão for igual ou maior que 14 por 9, o indivíduo tem hipertensão arterial e necessita de cuidados médicos.

As mudanças no estilo vida contribuem de maneira significativa na prevenção e  controle da pressão arterial, conforme orientações abaixo:

– Emagrecer;

– Fazer exercícios regularmente; trinta minutos de atividades aeróbicas, cinco vezes por semana (ou mais), é o ideal para acabar com o sedentarismo;

– Abandonar o cigarro;

– Reduzir o sal da comida e o consumo de alimentos com muito sódio: temperos industrializados, enlatados, conservas, embutidos, salgadinhos, fast food;

– Restringir álcool;

– Seguir uma dieta no estilo DASH, com predominância de frutas, verduras e legumes, preferência por grãos integrais (arroz integral, aveia, trigo integral, feijão,…), como fonte de proteína priorizar carnes brancas e magras (peixe e frango) e para cozinhar utilizar azeite ou óleos vegetais em pouca quantidade.

Alguns alimentos têm um poder especial para baixar a pressão e, portanto, podem ser incluídos no dia a dia de hipertensos:

– suco de melancia (importante bater a parte vermelha com um pouco da parte branca, mais próxima da casca);

– 10g de chocolate 70% cacau ou mais.

Enfim, meça a pressão pelo menos uma vez por ano, evite o estresse e tenha tempo para a família, os amigos e o lazer.

 

Por Dr. Fábio Argenta – CRM MT 4194

Especialista em Cardiologia – SBC/AMB – RQE 2859

Presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia MT

e

 Gisele Manfrin, – CRN 3812

Nutricionista formada pela Universidade Federal do Mato Grosso, especialista em Nutrição Funcional.

Deixe um comentário