Latest Posts

- Advertisement -
Click News

Latest Tweets

DestaqueGeral

Eva: a cadela policial de Pouso Alegre que se destaca em Minas Gerais

Eva é a cadela policial de Pouso Alegre que se destaca na PM de Minas Gerais - (crédito: Magson Gomes/ Terra do Mandu)

Eva é um dos cães da Rocca e atuou na maior apreensão de drogas da PM de Pouso Alegre em 2022

Eva é uma cadela policial de seis anos que se destaca no trabalho para a Polícia Militar (PM) em Minas Gerais. Ela é da raça Pastor-Belga-Malinois, uma das mais utilizadas por forças de segurança em todo o mundo, devido às características como força, raciocínio, capacidade de faro e agilidade. E o trabalho da Ronda Ostensiva com Cães (Rocca) do 20º Batalhão da PM (20BPM) de Pouso Alegre conta com três pastores Malinois, Eva e Xangô.

Ela é que a que mais participa de ocorrências, sempre com 100% de sucesso. “É uma cadela do mais alto padrão de faro da PM de Minas Gerais e está no ápice da carreira”, cita o comandante da Rocca, tenente Leonel Pareto.

“Nos últimos três anos, a gente vem apresentando excelentes resultados a nível estadual. Os cães aqui, qualquer um deles, apresenta grande capacidade de cunho operacional.” O trabalho da Rocca existe há cerca de 30 anos no 20BPM e une a ação dos militares aos cães policiais. Em 20 municípios que tiveram abordagem da Rocca em 2021 foram presas e apreendidas 176 pessoas e apreendidos 184 kg e 2790 porções de drogas, 11 armas de fogo e cerca de R$ 105 mil.

A rotina diária do canil tem limpeza, alimentação, checagem da saúde dos cães e treinamento. Esse treinamento conta sempre com um policial condutor, outro auxiliar e a ação geralmente é voltada para a busca de drogas, ocorrência mais comum na região.

Os cães têm que farejar em qual local do painel está escondida a droga, que tem uso de treinamento autorizado judicialmente, conta o sargento Damásio Moisés. Em instantes Eva encontrou a droga e em seguida, foi presenteada com “carinho e a bolinha, que é o que ela mais gosta”, destaca o condutor, cabo Danilo Sousa.

Eva e a maior apreensão de drogas de 2022

Os cães atuam em ações preventivas ou operações da PM para ajudar a solucionar crimes. Eva foi a peça chave para a PM de Pouso Alegre fazer a maior apreensão de drogas em 2022. Ela encontrou 200 kg de crack no pneu de um caminhão abordado por policiais, no último sábado (28/05). E dois dias depois, foi destaque em outra ocorrência onde encontrou uma arma de fogo e drogas em um terreno de 200 m².

“O cão Malinois tem em média 200 milhões de células olfativas, é muito maior que o ser humano, que tem 5 milhões. Então isso facilita para o cão na hora de ir para um terreno ou em um compartimento fechado onde o odor fique mais preso, ele conseguir encontrar o que a gente chama de cone de odor e direcionar o policial para esse local”, acrescenta o comandante da Rocca.

Proteção e cuidado

Para proteger os cães que auxiliam nas ações policiais, todo o complexo do canil tem cuidados e segurança reforçada, com policiais e monitoramento por 24 horas diárias. Os cuidados com a alimentação, descanso e saúde dos animais são acompanhados diariamente. Eles também contam com o apoio do Canil da PMMG e de parcerias com clínicas e profissionais de Pouso Alegre.

Dever cumprido

Quando Eva tiver cumprido a tarefa de ajudar a sociedade com o trabalho na PMMG, assim como os demais cães policiais, ela vai se aposentar. Segundo o comandante da Rocca ela ainda tem muitos anos de trabalho pela frente, mas, ao se aposentar vai ganhar um novo lar. “E isso pode ser a casa de um dos policiais que cuidam dela com tanto carinho. Afinal, reconhecemos o trabalho esplêndido que ela cumpre na atividade policial”.

 

 

Por Magson Gomes 
Especial para o EM

Deixe um comentário