Latest Posts

- Advertisement -
Click News

Latest Tweets

BrasilEsporte

Del Nero convoca Dunga e Gilmar para ouvi-los antes de anunciar decisão

Após eliminação precoce na Copa América Centenário, presidente da CBF marca reunião com para avaliar a dupla; eventual substituto só será procurado depois

 
O presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, convocou o técnico Dunga e o coordenador de seleções Gilmar Rinaldi para uma reunião na terça-feira, assim que a dupla voltar dos Estados Unidos após a eliminação do Brasil na fase de grupos da Copa América Centenário.
O vexame nos Estados Unidos deixou o dirigente bastante contrariado. Mas Del Nero disse a interlocutores que o momento é de “reflexão” e que não vai tomar nenhuma decisão antes de ouvir Dunga e Gilmar pessoalmente. Os dois, que já foram informados da convocação, embarcam ainda nesta segunda para o Brasil e chegarão ao Rio na manhã de terça.
Em contato com o GloboEsporte.com nos EUA, Gilmar Rinaldi confirmou a reunião, mas disse que o propósito é a apresentação de uma lista de 35 nomes para os Jogos Olímpicos (o prazo final é quarta e a relação dos 18 será divulgada no dia 29).
Após o fracasso nos EUA, até os defensores de Dunga e Gilmar dentro da confederação passaram a criticá-los. Desde abril já estava claro que a cúpula da CBF usaria os resultados da Copa América Centenário para avaliar o trabalho da dupla à frente da seleção brasileira. Vale lembrar que o capitão do tetra é o comandante também do time olímpico que buscará o inédito ouro nos Jogos do Rio, em agosto.
A eliminação engrossou a lista de maus resultados colhidos por Dunga desde que ele voltou ao banco de reservas da Seleção depois do Mundial de 2014: queda nas quartas de final da Copa América de 2015 e o sexto lugar atual nas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo na Rússia, em 2018.
Se a permanência de Dunga e Gilmar ainda será discutida nesta terça-feira, pelo menos uma decisão já está tomada pela CBF: nenhum técnico será procurado enquanto a situação da comissão técnica não for definido. Ou seja: não se repetirá o que aconteceu com Tite – o técnico do Corinthians foi sondado enquanto Dunga ainda estava empregado.
O Brasil deixou a Copa América com apenas quatro pontos em três jogos e só fez gols no Haiti (vitória de 7 a 1 na segunda rodada). Na estreia, o time de Dunga ficou no 0 a 0 com o Equador e depois perdeu para o Peru por 1 a 0 na despedida. A Seleção não era eliminada na primeira fase da Copa América desde 1987.
Por Alexandre Lozetti e Martín Fernandez – do Globo Esporte 
Foxborough (EUA) e São Paulo

Deixe um comentário