Latest Posts

- Advertisement -
Click News

Latest Tweets

DestaqueGeral

Clientes fazem fila na entrada de shopping de Aparecida de Goiânia

Foto: Wildes Barbosa/O Popular Escalonamento do comércio em Ap

Clientes se aglomeraram na entrada de um shopping na Avenida Rio Verde, em Aparecida de Goiânia. Imagens mostram todas as entradas do centro de compras rodeadas por filas devido ao controle da quantidade de consumidores – 30% da capacidade .

O centro de compras ficou fechado por 16 dias por conta do decreto de restrições contra a Covid-19 e reabriu com filas na quarta-feira (17). A reabertura ocorreu após a Prefeitura publicar, no último domingo (14), uma nova portaria com regras de escalonamento por macrozonas (regiões).

De acordo com a assessoria do shopping, para garantir que não receberá mais do que 30% da capacidade, o centro de compras está realizando bloqueios de forma intermitente, fazendo o monitoramento do fluxo de pessoas em tempo real, mantendo filas na parte externa para garantir o distanciamento seguro e a prioridade aos idosos, gestantes e pessoas com deficiência.

O centro de compras ainda informou que segue todas as recomendações do protocolo da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), disponibiliza álcool gel, obriga o uso de máscara e reforça limpeza e sanitização dos ambientes.

Segundo a Prefeitura de Aparecida, de acordo com a portaria, a organização do acesso e controle de pessoal é de responsabilidade da empresa e que a equipe de fiscalização da Covid não recebeu nenhuma denúncia sobre aglomerações no centro de compras na quarta-feira (17). A situação epidemiológica de Aparecida de Goiânia foi dividida em quatro cenários – verde, amarelo, laranja e vermelho, que variam conforme a quantidade de casos e ocupação de hospitais. Atualmente, a cidade está no cenário laranja, considerado de alto risco de contaminação. Com isso, cada zona fecha duas vezes por semana de segunda a sexta-feira.

Ainda de acordo com a Prefeitura, em caso de aglomerações e de desrespeito ao escalonamento, os moradores podem denunciar as situações às equipes de fiscalização contra a Covid-19, pelos telefones: (62) 3545-5992 ou pelo 153. O não cumprimento das medidas acarreta em notificação, multa e até interdição do local.

Por Redação do Click News
Mariana
the authorMariana

Deixe um comentário