Latest Posts

- Advertisement -
Click News

Latest Tweets

DestaqueSaúde

Central de Imunização vai funcionar em horário estendido neste sábado, 26

(Foto: Rodrigo Estrela)

Vacinação estará disponível no local até as 16h. Na próxima segunda e terça, os 34 postos da cidade estarão fechados. Atendimento volta ao normal na quarta

 

Neste sábado, 26 de fevereiro, a Central de Imunização de Aparecida vai funcionar até as 16h. Geralmente, aos sábados, o local funciona até o meio-dia. Na ocasião, a população terá acesso a todas as vacinas do calendário básicoalém da covid-19. Imunossuprimidos também poderão passar por avaliação com médico para receber a imunização contra a pneumonia. O horário estendido de funcionamento da Central é uma oportunidade para a população atualizar o cartão de vacinação antes das comemorações de carnaval, já que os 34 postos da cidade não funcionarão na segunda e terça-feira, 28 de fevereiro e 1º de março. Na quarta, 2, a Central retoma os atendimentos às 8hNas Unidades Básicas de Saúde (UBS´s) a vacinação volta a funcionar às 14h.

“Amanhã, sábado, apenas a Central irá funcionar, das 8 às 16h. Aos domingos não há vacinação em nenhum posto e, excepcionalmente, nesta segunda e terça, em virtude da decretação de ponto facultativo, os 34 postos de imunização não funcionarão. As atividades serão retomadas na quarta-feira de cinzas, 2 de fevereiro, quando a Central de Imunização volta a atender às 8h e as salas de vacinação das UBS´s às 14h”, reforça a coordenadora de Imunização de Aparecida, Renata Cordeiro.

Mutirão de Vacinação contra a Pneumonia

Este sábado, 26, também é a última oportunidade para a população imunossuprimida ter acesso à imunização contra a pneumonia de forma facilitada. Geralmente, as vacinas Pneumo 13 e Pneumo 23, que protegem contra essa doença que acomete os pulmões, são aplicadas mediante a abertura de um processo. Mas, durante toda essa semana, um médico da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) esteve a postos na Central de Imunização, avaliando os pacientes que se enquadravam nos critérios para recebimento das vacinas contra a pneumonia e, quando necessário, já encaminhava para recebimento dos imunizantes.

O atendimento do profissional continua amanhã, das 8 às 16h, sem necessidade de agendamento prévio. Os interessados devem levar comprovante de endereço, cartão de vacinação e receitas, exames e laudos, de qualquer época, que comprovem as enfermidades para ajudar na avaliação médica.

Apenas pessoas com as seguintes doenças ou condições poderão ser contempladas com essa vacinação, após avaliação médica: HIV/Aids, diabetes mellitus, doenças oncológicas, transplantados de órgãos sólidos, transplantados de células-tronco hematopoiéticas (TMO), asplenia anatômica ou funcional e doenças relacionadas, fístula liquórica e derivação ventrículo peritoneal (DVP), implante de cóclea, imunodeficiências congênitas, nefropatias crônicas/hemodiálise/síndrome nefrótica, pneumopatias crônicas, asma persistente moderada ou grave, Fibrose cística (mucoviscidose), cardiopatias crônicas, imunodeficiência devido a imunodepressão terapêutica, hepatopatias crônicas, doenças neurológicas crônicas incapacitantes, trissomias e doenças de depósito.

Vacinas de rotina

Neste sábado, a população poderá ter acesso ainda a todas as vacinas de rotina, na Central de Imunização, das 8 às 16h. São imunizantes que incluem proteção contra doenças como difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, poliomielite, sarampo, rubéola, caxumba, catapora e HPV. Cada vacina é indicada para uma determinada faixa etária. Para receber os imunizantes é necessário apresentar RG ou Certidão de Nascimento, CPF ou Cartão SUS e o Cartão de Vacinação. As vacinas são gratuitas.

Vacinação contra a covid-19

Na Central também estarão disponíveis vacinas contra a covid-19 para crianças acima de 5 anos, adolescentes e adultos, seja primeira dose, segunda ou o reforço. A D1 é aplicada mediante a apresentação de documento de identidade OU certidão de nascimento e cartão SUS OU CPF. Menores de 18 anos precisam estar acompanhados de algum responsável. Crianças também precisam levar, necessariamente, o cartão de vacinação.

Já a segunda dose é aplicada mediante a apresentação de documento de identidade OU certidão de nascimento, CPF OU Cartão SUS e o Cartão de Vacinação, de acordo com os intervalos mínimos previstos entre a primeira e a segunda aplicação: 28 dias para a Coronavac e oito semanas para Pfizer e AstraZeneca.

Qualquer pessoa acima de 18 anos que tenha recebido a segunda dose dos imunizantes Coronavac, AstraZeneca ou Pfizer há quatro meses já pode receber a dose de reforço (terceira dose) mediante a apresentação documento de identidade OU certidão de nascimento, CPF OU Cartão SUS e o Cartão de Vacinação. Quem recebeu a dose única da Janssen também pode receber o reforço no intervalo de dois meses.

 

 

Por Camila Godoy

Deixe um comentário