Latest Posts

- Advertisement -
Click News

Latest Tweets

Copa do Mundo de 2022DestaqueEsporte

Catar constrói muros para esconder bairros pobres de turistas da Copa do Mundo

Vídeo mostra a construção de um muro em ruas cataris – REPRODUÇÃO TIKTOK/ @K_OP11.5

 

País-sede do torneio foi alvo de uma série de denúncias de violação de direitos humanos

 

Um vídeo que circula nas redes sociais mostram supostos muros erguidos pela periferia do Catar, para esconder a realidade das desigualdades sociais dos olhos dos turistas durante a Copa do Mundo.

Nas imagens, um homem anda de carro por uma rua catari, e após alguns metros de muro, é possível ver um aglomerado de casas simples, alguns carros velhos sobre um chão de areia batida.

Poucos metros depois deste espaço visível, já é possível ver que há uma obra em andamento para subir mais divisórias entre a via onde passam os automóveis para a periferia.

A escrita em árabe que aparece sobre o vídeo diz “a copa do mundo dá adeus a essas casas”. Originalmente, o vídeo foi publicado por uma conta do Tiktok.

Não há maiores detalhes sobre a localidade exata da filmagem e quando foi feita a gravação.
No entanto, essa acusação se soma com diversas outras, de que o Catar, país-sede desta Copa, violou uma série de direitos humanos durante a construção das arenas onde acontecem as partidas.

Segundo dados do Human Rights Watch, cerca de 95% das pessoas que trabalharam no evento — cerca de dois milhões de pessoas— eram imigrantes, que após reformas trabalhistas feitas no país, ficaram “presos” aos empregadores, recebendo baixos salários e muitas vezes proibidos de tentar mudar de trabalho.

Um relatório do grupo Equidem, que trabalha na exposição de casos de violação de direitos humanos disponibilizado recentemente apontou indícios de escravidão moderna, discriminação e violência verbal e física nos locais de construção das arenas na Catar.

Por conta destas situações, uma série de seleções, como a Dinamarca, Inglaterra e Alemanha, fizeram protestos durante os jogos.

 

 

 

 Do R7

Deixe um comentário