Latest Posts

- Advertisement -
Click News

Latest Tweets

CulturaDestaque

Campanha na Câmara resgata tradição dos bailes de Carnaval para incentivar doação de livros

Em parceria com as Comissões de Educação e de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Goiânia, a vereadora Aava Santiago (PSDB) lança, nesta terça-feira (15), às 8h30, uma campanha de arrecadação de livros, a Bailivro. O lançamento, no corredor da Galeria dos Presidentes, no prédio da Câmara, será estilizado com adereços e fantasias de Carnaval, como forma de resgatar a tradição dos bailes e incentivar a colaboração das pessoas com a democratização da leitura.

A campanha também marca a comemoração do Dia Internacional da Doação de Livros, 14 de fevereiro, e segue até o Dia Mundial do Livro, 23 de abril. Serão arrecadadas obras literárias novas e usadas, desde que em bom estado de conservação. Quem quiser doar deve entregar os volumes, em horário comercial, em um posto de coleta permanente, instalado na Galeria dos Presidentes. As obras serão utilizadas em uma biblioteca itinerante e também poderão ser doadas durante eventos realizados ao longo do ano, pelo mandato da vereadora e pelas comissões, e direcionados a grupos sociais vulneráveis.

“Trabalhamos para incentivar a solidariedade em favor da democratização da leitura. Precisamos ampliar o acesso aos livros e potencializar o papel do conhecimento na transformação de vidas humanas. A leitura revoluciona nossa visão, diversifica nossos repertórios e experiências, tornando-nos capazes de superar limites e sedimentar conquistas”, argumenta Aava.

Multiplica Livros

A iniciativa fortalece o projeto Multiplica Livros, desenvolvido pela parlamentar, para facilitar o acesso à leitura por parte de grupos sociais vulneráveis. Além de disponibilizar e distribuir livros em eventos, a campanha deve institucionalizar uma prática nas escolas municipais por meio de um projeto de lei. Pelo texto, a cada 15 dias, salas de leitura e de bibliotecas da rede de Educação serão abertas à comunidade. A matéria ainda depende de último turno de votação em Plenário.

 

 

*Com informações da assessoria de comunicação da vereadora

Deixe um comentário