Latest Posts

- Advertisement -
Click News

Latest Tweets

DestaquePolítica

Câmara de Goiânia reforça medidas e orientações para prevenção da covid-19

Na imagem, campanha da Câmara de Goiânia reforça recomendação do Ministério da Saúde para que população mantenha esquema vacinal em dia.

Serviço de medicina do Poder Legislativo da capital recomenda a servidores que mantenham ciclo vacinal em dia; 10 servidores, entre eles dois vereadores, estão afastados das atividades presenciais após detecção do vírus

A Mesa Diretora da Câmara Municipal de Goiânia solicitou nesta quinta-feira, 24 de novembro, que o Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT) da Casa reforce as medidas e orientação de prevenção da covid-19. Desde o dia 16 de novembro, foram registrados 10 casos de covid-19 entre servidores (oito notificações) e vereadores (duas notificações) – o décimo caso foi confirmado nesta quinta-feira (24).

Os funcionários e vereadores foram imediatamente dispensados das atividades presenciais, com atestado médico para afastamento de 10 dias, contados a partir da apresentação do exame positivo para o novo coronavírus. Todos cumprem isolamento em casa, com sintomas leves. Entre parlamentares, efetivos, comissionados e terceirizados, o Poder Legislativo tem 1.200 servidores.

Vacinação

O SESMT informa que os novos casos de covid-19 podem estar associados a atrasos no esquema vacinal. Em razão disso, o serviço de medicina da Casa está orientando os Gabinetes dos Vereadores e às Diretorias da Casa, a recomendarem a seus servidores que mantenham em dia a rotina de imunização.

O serviço de medicina alerta ainda que continua em vigor a Portaria da Mesa Diretora que condiciona a posse de novos servidores à comprovação da vacinação e, para os não-vacinados, da apresentação, em intervalo de 15 dias, de exame negativo para a covid-19. O SESMT observa também que segue recomendado o uso de máscaras pelos servidores dos grupos de risco – funcionários como mais de 60 anos e/ou com comorbidades.

A Câmara de Goiânia informa que os protocolos em uso no Poder Legislativo seguem as normas estabelecidas pelo Ministério da Saúde, pela Secretaria de Estado da Saúde e pela Secretaria Municipal de Saúde. O uso de máscaras é recomendado, mas não voltou a ser obrigatório.

 

 

 

Fonte: Diretoria de Jornalismo da Câmara de Goiânia

Deixe um comentário