Latest Posts

- Advertisement -
Click News

Latest Tweets

DestaqueGeral

Cães reduzem estresse de crianças

Crédito: Kanashi, Unsplash/Divulgação

Intervenções assistidas por cães podem reduzir significativamente o estresse em crianças com e sem necessidades especiais, de acordo com um novo estudo publicado na revista  por Kerstin Meints da Universidade de Lincoln, Reino Unido, e colegas.

A exposição prolongada a estressores pode causar efeitos adversos na aprendizagem, no comportamento, na saúde e no bem-estar das crianças ao longo da vida. Várias abordagens para aliviar o estresse foram exploradas nas escolas, incluindo ioga, atenção plena, meditação, atividade física, intervenções de estilo de ensino e intervenções assistidas por animais.

No novo estudo, os pesquisadores rastrearam os níveis do hormônio do estresse cortisol na saliva de 105 crianças de 8 e 9 anos de idade em quatro escolas regulares no Reino Unido, bem como 44 crianças com idade semelhante de sete escolas com necessidades de educação especial. As crianças foram estratificadas aleatoriamente em três grupos: grupo de cães, grupo de relaxamento ou grupo controle. No grupo de cães, os participantes interagiram por 20 minutos com um cão treinado e um adestrador; o grupo de meditação fez uma sessão de relaxamento de 20 minutos. As sessões foram realizadas duas vezes por semana durante quatro semanas.

Nas escolas regulares, as crianças dos grupos de controle e relaxamento tiveram aumentos no cortisol salivar médio ao longo do período escolar. No entanto, as crianças que participaram de sessões em grupo ou individuais com cães não tiveram aumento estatisticamente significativo no cortisol. Além disso, seus níveis do hormônio do estresse foram, em média, mais baixos imediatamente após cada sessão com os animais. Para crianças com necessidades educacionais especiais, padrões semelhantes foram observados, com diminuição do cortisol após intervenções em grupo de cães. Os autores concluem que as intervenções com cães podem atenuar, com sucesso, os níveis de estresse em crianças em idade escolar, mas apontam que são necessárias pesquisas adicionais sobre as quantidades ideais de tempo e contato com cães para um efeito ideal.

“Intervenções assistidas por cães podem levar a níveis mais baixos de estresse em crianças em idade escolar com e sem necessidades educacionais especiais”, concluem os autores.

 

 

 

Por  Paloma Oliveto - Correio Braziliense

Deixe um comentário