Latest Posts

- Advertisement -
Click News

Latest Tweets

DestaqueGeral

Aparecida de Goiânia garante emprego de 40 famílias através da coleta seletiva

Foto: Paulo Rodrigo

O material reciclável recolhido pelas equipes da Coleta Seletiva de Aparecida de Goiânia é destinado à duas cooperativas apoiadas pela administração municipal que garantem o emprego e renda para 40 famílias.

 

A Coleta Seletiva, que é realizada pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano (SDU), recolhe papelão, plástico, metal, isopor e vidro diariamente em diversas regiões da cidade. O material, que antes de ser recolhido é separado pela população, é pesado no aterro sanitário e em seguida encaminhado às cooperativas. Em Aparecida, a Coleta Seletiva foi implantada em 2012 em cumprimento a Lei Federal de Resíduos Sólidos que determina a extinção dos lixões.

“Hoje, a Coleta Seletiva, que é feita porta a porta, atende 96 bairros na cidade. Fazemos esse trabalho com auxílio de cinco caminhões durante o dia, de segunda a sexta-feira, e recolhemos cerca de 100 toneladas por mês”, explica o diretor de resíduos sólidos da SDU, Sávio Calaça, sobre a logística empregada no trabalho.

“Com a construção do aterro sanitário, as famílias que recolhiam material reciclável no lixão foram cadastradas em duas cooperativas e atualmente trabalham em galpões construídos pela prefeitura onde recebem auxílio com alimentação e transporte”, completa o diretor.

Logo que recebem o material recolhido, as cooperativas fazem uma minuciosa triagem, separando por tipo, cor e outras características tudo aquilo que será reciclado. Em seguida, é feita a prensagem em grandes volumes e depois o material é encaminhado às empresas que compram das cooperativas.

“O faturamento é igual para todos os cooperados, rateamos em partes iguais. Cada um recebe ao final do mês conforme sua produção: produziu tem, não produziu não tem. Precisamos que a população continue nos ajudando, separando o material e colocando para ser recolhido pelos caminhões. Sem essa ajuda o material não chega aqui [ ao galpão]”, aponta o presidente da Cooperativa de Catadores de Lixo de Aparecida (COOCAP), Francisco Juarez da Silva.

Atualmente, duas cooperativas de catadores no município recebem auxílio da prefeitura: a Cooperativa de Catadores de Lixo de Aparecida (COOCAP) e a Cooperativa de Trabalho de Recicláveis Feminina de Aparecida (COORFAP). O programa de Coleta Seletiva possui parcerias com ONGs e empresas que desenvolvem projetos sociais. As parcerias possibilitam também palestras educativas para os cooperados, aquisição de folders para mobilizar a população e obtenção de uniformes.

 

 

 

Por Redação do Click News
Mariana
the authorMariana

Deixe um comentário