Latest Posts

- Advertisement -
Click News

Latest Tweets

DestaquePolítica

Alego promoveu sessão solene para homenagear pastores da Igreja de Deus

(Foto: Carlos Costa)

Delegado Eduardo Prado procedeu à entrega da Medalha do Mérito Legislativo Pedro Ludovico e do Certificado do Mérito Legislativo a líderes e membros da Igreja de Deus

 

O deputado Delegado Eduardo Prado (PL) promoveu, nesta quarta-feira, 18, uma sessão solene extraordinária para homenagear pastores da Igreja de Deus no plenário Iris Rezende. Prado fez a entrega da Medalha do Mérito Legislativo Pedro Ludovico Teixeira, a mais alta honraria do Poder Legislativo goiano, a duas pessoas de destaque da instituição religiosa, os bispos Cristiano Custódio da Silva e Jean Paulo Silva Castro, e o Certificado do Mérito Legislativo a outros membros da igreja.

Compuseram a mesa dos trabalhos, além do deputado Delegado Eduardo Prado, que presidiu os trabalhos, gestores da Igreja de Deus: os bispos Cristiano Custódio da Silva (supervisor em Goiás) e Jean Paulo Silva Castro, Divino Eterno da Silva (superintendente nacional), Orlando José de Figueiredo Neto (supervisor-geral região Centro-Oeste), Dário de Sousa Campos (secretário nacional e regional), Reinaldo Morais de Sousa (diretor do Seminário Evangélico), e Izaias Antonio da Silva (presidente do Conselho de Ação Social e Política da Região Centro-Oeste).

Após declarar aberta a sessão, Prado saudou nominalmente cada membro da mesa, e, ainda, o pastor Fernando, representante do deputado federal Glaustin da Fokus (PSC); vereador Zeca (Carlos José Vaz da Silva), de Trindade, que, recentemente, lhe concedeu o título de cidadão trindadense; e o vereador Amendoim (Vencerlino da Silva Bastos), de Aparecida de Goiânia, entre outros presentes, incluindo autoridades religiosas.

Em seguida, fez o seu discurso. Inicialmente, fez um breve relato das dificuldades que encontrou, especialmente no início de sua carreira de delegado de polícia. Ressaltou alguns dos seus trabalhos que marcaram sua passagem pela Segurança Pública de Goiás, ao exemplo da prisão do serial killer Tiago Henrique Gomes da Rocha, que assassinou cerca de cem mulheres. Também lembrou que decidiu ser deputado para atender a um pedido de seu pai, Valdir do Prado, antes de morrer vitimado por um câncer. Lembrou que iria desistir da candidatura por falta de dinheiro, mas que só seguiu em frente, porque uma missionária o incentivou “com a palavra de Deus”.

O deputado frisou a seguir a importância da Igreja de Deus em sua vida, e que tem se esforçado para honrar de maneira incessante os princípios da instituição religiosa que o acolheu. “Por ter sido acolhido por esta congregação, tão importante e tão atualizada com as demandas, terrenas e da alma, que confluem para a formação de indivíduos conscientes de seu papel, me faz responsável por propagar a atuação enérgica e positiva de todos que fazem parte da Igreja de Deus no Brasil”.

Prado destacou ações da instituição religiosa, citando projetos sociais, ao exemplo do Projeto Rebeca, bem como no campo da pregação do evangelho da salvação em Cristo Jesus, com o objetivo de construir uma comunidade. E assegurou que, enquanto for deputado, vai lembrar da data 19 de agosto, aniversário da Igreja de Deus, que fez 66 anos no Brasil e 136 anos no mundo.

Após discursar, Eduardo Prado convidou Marilei Ribeiro de Moura e Juliana Carla, ministras de louvor da Igreja de Deus, para fazerem uma apresentação, com violão e voz. Elas cantaram dois hinos. Em seguida, o deputado passou a palavra ao bispo Orlando José Figueiredo Neto, que usou a tribuna. O religioso agradeceu ao deputado pela homenagem. “Trata de uma grande e linda celebração, digna de Deus e da nossa Igreja de Deus. Sentimo-nos honrados, por isso agradecemos a todos que contribuíram para que esse momento tão solene acontecesse”, enfatizou.

Orlando disse, ainda, que estava feliz por ter ensinado Marilei a cantar e abençoou a todos em nome de Jesus.

Ato contínuo, Eduardo Prado procedeu à entrega da Medalha do Mérito Legislativo Pedro Ludovico e do Certificado do Mérito Legislativo a líderes e membros da Igreja de Deus no Brasil.

A consagração se deu, de acordo com o parlamentar, como forma de reconhecimento ao profícuo trabalho desenvolvido no aspecto evangelístico e social, com o objetivo de construir uma comunidade melhor, com princípios e valores. “A homenagem é, seguramente, uma forma humilde de agradecer a todos da Igreja de Deus no Brasil por todos os serviços, em sua grande maioria, voluntários, que ajudam a dar esperança e força àqueles mais necessitados.”

Em nome dos homenageados discursou Nicolau Ferreira de Andrade. Depois de saudar a mesa, ele enfatizou: “É uma honra falar em nome dos homenageados e da nossa linda família Igreja de Deus no Brasil”. Agradeceu ao propositor da homenagem e à Alego. E falou da importância do cristão ser luz do mundo e sal da terra, pregadores da paz. Ele disse que na Igreja de Deus têm homens e mulheres de Deus que disseminam a palavra da salvação em Cristo Jesus com intrepidez.

Por último, discursou o supervisor da Igreja de Deus no Estado de Goiás, bispo Cristiano Custódio da Silva, que representou também o bispo Jean Paulo Silva Castro, ambos homenageados com a Medalha Pedro Ludovico. Emocionado, agradeceu primeiramente a Deus por estar ali, naquele momento, haja vista que chegou a ser internado com covid-19. “Estou aqui, recebendo essa significativa homenagem, por um milagre de Deus, que atendeu às orações dos nossos irmãos e irmãs da Igreja de Deus, por isso o meu nome, hoje, é gratidão”, concluiu.

Antes de encerrar a sessão, Eduardo Prado renovou seus agradecimentos a todos que contribuíram para o êxito da sua iniciativa parlamentar.

Deixe um comentário