Latest Posts

- Advertisement -
Click News

Latest Tweets

DestaqueGeral

Agrodefesa e Fundepec doam vacinas contra aftosa e raiva a comunidades Calungas

 (Foto/montagem: Agrodefesa)

 

“É uma atividade de suma importância, porque além de doar as vacinas, os profissionais da Agência repassam muitas orientações aos criadores, principalmente sobre como conservar as vacinas, forma correta de aplicação, acompanhamento vacinal e até apoio na hora de fazer a declaração de vacinação”, argumenta Essado.

 

O Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa), em parceria com o Fundo para o Desenvolvimento da Pecuária em Goiás (Fundepec), fez a doação de 19.290 doses de vacinas contra a aftosa e 5.950 doses contra a raiva para imunização de rebanhos pertencentes a criadores das comunidades calungas do Nordeste Goiano.

Toda a logística de distribuição, orientação aos criadores, vacinação assistida, vacinação oficial e acompanhamento de aplicação de vacinas pelos calungas ficou a cargo dos profissionais da Agrodefesa. No total foram beneficiadas 496 propriedades que ficam nos municípios de Monte Alegre de Goiás, Nova Roma, Cavalcante e Teresina de Goiás.

O presidente da Agrodefesa, José Essado, destaca a importância da medida que é mais uma ação do governo de Goiás para ajudar as comunidades calungas, que possuem rebanhos e precisam de apoio para manter a sanidade dos animais. “É uma atividade de suma importância, porque além de doar as vacinas, os profissionais da Agência repassam muitas orientações aos criadores, principalmente sobre como conservar as vacinas, forma correta de aplicação, acompanhamento vacinal e até apoio na hora de fazer a declaração de vacinação”, argumenta Essado.

Operacionalização

A distribuição das vacinas e orientação aos calungas começou em meados de novembro, com visitas aos criadores em várias localidades dos quatro municípios contemplados. Na sequência foram realizadas etapasde vacinação contra a aftosa e contra a raiva. A previsão é que até o fim desta semana, todas as atividades serão concluídas. Ainda existem criadores que vão continuar aplicando as vacinas nos próximos dias, até a data final que é 17 de dezembro.

O comando dos trabalhos ficou a cargo dos  coordenadores das Unidades Regionais Rio Paranã, em Posse, Raymundo Machado de Sousa Santos, e Rio Itiquira, em Formosa, Geraldo Pereira Filho. Atuaram na operação os fiscais estaduais agropecuários Ady Gomes de Moura Júnior (Monte Alegre); Anderson Gurgel Santos e Gunnar Gobbi Rocha (Teresina e Cavalcante); Wesley Freitas Muniz (Nova Roma) e o administrativo Fábio Nunes de Souza (Monte Alegre).

Conforme o coordenador da Regional de Posse, Raymundo Machado, a ação exigiu dedicação e empenho da equipe, principalmente considerando as distâncias a serem percorridas e as dificuldades de acesso às propriedades em muitos casos. Ele destacou também o apoio técnico assegurado pela Diretoria de Defesa Agropecuária por meio da Gerência de Sanidade Animal, e das coordenações do Programa Estadual de Enfermidades Vesiculares (PEEV) e do Programa Estadual de Controle da Raiva dos Herbívoros (PECRH).

 

 

 

Fonte: Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa)

Deixe um comentário