Latest Posts

- Advertisement -
Click News

Latest Tweets

DestaquePolícia

Homem mata namorada a facadas em Aparecida de Goiânia

Foto: Divulgação/Polícia Militar

Ezequiel da Silva Menezes, de 28 anos, foi denunciado pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO) pelo feminicídio da namorada Bruna Regina Domiciano, de 22 anos, em Aparecida de Goiânia. Ele matou a  jovem a facadas e depois ateou fogo ao corpo dela. O crime aconteceu no dia 14 de fevereiro deste ano, no Setor Jardim Tiradentes.

Em depoimento, durante as investigações policiais, ele admitiu que esfaqueou a namorada, mas alegou que não se lembrava de como ela teve o corpo queimado.

Ezequiel foi denunciado na segunda-feira (8), pelo promotor de Justiça Milton Marcolino dos Santos Júnior, da 19ª Promotoria de Justiça de Aparecida de Goiânia, que o denunciou por feminicídio por motivo fútil, com emprego de meio cruel, utilização de recurso que impossibilitou a defesa da vítima e em razão da condição de sexo feminino.

 Segundo a Polícia Militar, a jovem foi encontrada, por vizinhos, desacordada e com queimaduras por todo o corpo em um dos cômodos da casa onde ela morava. De acordo com o promotor, com base no apurado pelo inquérito policial, Ezequiel e Bruna mantinham um relacionamento amoroso há um mês.

De acordo com o delegado João Carlos de Freitas Junior, responsável pelo caso, durante as investigações foi apurado que o casal começou a discutir depois que Bruna acusou o namorado de ter furtado drogas dela. Segundo o investigador, os dois eram usuários de drogas, sendo que Ezequiel já tinha passagem por tráfico.

Conforme relato da Polícia Técnico Científica no dia do crime, Bruna Regina foi atingida por uma facada quando estava deitada na cama. Ao tentar fugir, acabou sendo golpeada novamente e correu para a sala, local em que morreu.

“Pela avaliação da dinâmica dos vestígios, a gente tem uma noção de que ela foi atacada no quarto. Aparentemente, ela teria se defendido dos golpes de faca ali na cama, se levantou e foi para a sala. Houve uma luta corporal na sala, onde foi desferido mais um golpe, e ela caiu ao chão, onde teria dado o último suspiro”, disse o perito criminal Ricardo Bittencourt.

Por Redação do Click News
Mariana
the authorMariana

Deixe um comentário