Latest Posts

- Advertisement -
Click News

Latest Tweets

DestaquePolítica

15ª edição do programa Alego Ativa acontecerá sábado, 28, em Rio Verde

(Foto: Carlos Costa)

Iniciativa faz parte de um pacote de ações da Mesa Diretora dessa 19ª Legislatura, presidida por Lissauer Vieira

 

O programa itinerante Alego Ativa, da Assembleia Legislativa de Goiás, realiza neste sábado, 28, a sua 15ª edição, em Rio Verde, município do Sudoeste goiano situado a 232 km da Capital. O evento chega com a oferta de serviços gratuitos nas áreas jurídica, como emissão de documentos, e de saúde, como atendimentos médicos em diversas especialidades. O evento acontece a partir das 8 horas, na Praça Joaquim Velasco, no Bairro Popular.

O programa também disponibiliza cursos de qualificação e capacitação, oficinas profissionalizantes, atendimentos ao produtor rural, cortes de cabelo, apresentações culturais, recreação para crianças, distribuição de mudas de espécies nativas do Cerrado, dentre outras atividades. O projeto é executado pela Diretoria de Assuntos Institucionais da Casa de Leis, por iniciativa da Mesa Diretora da 19ª Legislatura, presidida pelo deputado Lissauer Vieira (PSD). O intuito é atender às demandas imediatas da comunidade local e ampliar a representatividade do Parlamento goiano na sociedade. “O nosso objetivo com esse programa é estar perto dos cidadãos, atuando de maneira concreta em prol da qualidade de vida de todos eles”, afirma o presidente da Assembleia.

Um dos representantes do município no Parlamento goiano, Lissauer Vieira diz que a expectativa é a de que as demandas da população sejam supridas com êxito. “Assim como nas outras edições, não tenho dúvidas de que também teremos, nessa 15ª, excelentes resultados, e que conseguiremos atender, de forma muito positiva, às principais necessidades da população rio-verdense, especialmente, de quem mais precisa. Afinal, o foco do nosso projeto é justamente esse: ir ao encontro dos anseios dos goianos”, frisou. “Estamos otimistas e com grandes expectativas, sobretudo porque será realizada em Rio Verde, cidade que tenho a satisfação de representar no Legislativo goiano e que é celeiro do nosso agronegócio, a força que move a economia goiana”, se entusiasma Lissauer.

Natural de Rio Verde, o deputado Karlos Cabral (PSB) também comemora a realização do projeto em sua cidade natal. “É uma grande satisfação receber em nosso município essa importante iniciativa da Assembleia Legislativa. O Alego Ativa é uma ação que mostra para a população que o Poder Legislativo também pode ofertar o acesso aos serviços públicos. Considero que é muito importante aproximar nosso Parlamento da população. Rio Verde, que é um grande polo econômico de Goiás, merece receber essa iniciativa, que fortalece as relações da cidade com o Legislativo goiano. Além disso, o que me deixa mais feliz é atender os rio-verdenses com diversos serviços gratuitos, de forma dinamizada e eficiente, o que facilita a vida das pessoas. Enquanto deputado estadual sempre vou defender ações como essa que ajudam a melhorar o dia a dia da nossa gente”, afirma.

Também representante do município, o deputado Chico KGL (União Brasil) enaltece a importância da iniciativa, em especial a edição voltada à comunidade de Rio Verde. “O programa Alego Ativa é muito nobre e aproxima a Assembleia Legislativa da população. Boa parte da comunidade não tem como ir até a sede da Alego, em Goiânia. Então, o evento é uma forma para que as pessoas possam conhecer de perto o trabalho e os projetos dos nossos colegas deputados”, disse. “Sempre pautei pelo diálogo com a população. Estar próximo e ouvir as demandas de cada cidadão e sua região fazem com que o nosso trabalho seja realizado da melhor forma possível: representando o povo”, acrescenta Chico KGL.

De acordo com a Diretoria de Assuntos Institucionais da Casa de Leis, essa deve ser a maior edição do Alego Ativa realizada, até o momento, em termos de estrutura e frentes de serviços.

Segurança

Realizado de forma mensal desde o ano de 2019, o Alego Ativa precisou ser suspenso, em março de 2020, em função da chegada da pandemia. As atividades foram retomadas em setembro de 2021, paralisadas novamente em janeiro, em razão de uma nova alta de infecções pelo novo coronavírus no estado. Elas tiveram continuação em março desse ano, após estabilidade no número de casos, internações e óbitos pela covid-19.

Desde a sua primeira retomada são cumpridos os protocolos de biossegurança, com o intuito de evitar a disseminação do vírus. De acordo com o diretor de Assuntos Institucionais, Gustavo Sintra, os cuidados permanecerão nas próximas edições do programa, também durante o período de baixa transmissão do vírus. “Vamos continuar seguindo os protocolos de saúde. Mesmo com a liberação de máscaras em locais abertos, mantemos o uso do equipamento, além do distanciamento, na medida do possível, e a utilização do álcool em gel”, pontua.

Idealizador e coordenador da iniciativa realizada pelo Parlamento goiano, Simeyzon Silveira reforça a constante responsabilidade do programa, com a garantia de segurança ao público presente. “É importante salientar que, em todas as edições, por todos os municípios em que passamos após a retomada, em 2021, não tivemos nenhum problema relacionado ao aumento do número de casos”.

Programação

A ação em Rio Verde prevê a oferta de serviços como emissão de carteira de identidade, carteira de trabalho, passe livre da pessoa com deficiência, passaporte do idoso, registro civil de nascimento 1ª e 2ª vias, registro civil de casamento (2ª via) e CPF. E, ainda: corte de cabelo, recreação para as crianças e distribuição de mudas de espécies nativas do Cerrado, com o objetivo de preservar o meio ambiente. Na área de saúde, a população pode contar com atendimentos de dentista, dermatologista, profilaxia da dengue, acupuntura e auriculoterapia, além da realização de consultas oftalmológicas com a Fundação Banco de Olhos (Fubog).

No evento, a comunidade também pode fazer consulta ao Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), negociação de dívidas, atendimento jurídico ao produtor rural, e outros. Dentre os cursos profissionalizantes ofertados, estão as temáticas como: “Foto e vídeo para aumentar vendas”; “Primeiros socorros”; “Excelência de atendimento ao público”; “Aulão do Enem – Português e Matemática”; “Como se tornar um microempreendedor individual”; “Os gestores de contratos e a nova lei de licitações”; “Portal do Cidadão: a transparência do seu município”; “Noções de reparos residenciais”; “Noções de classificações de grãos”; “Noções de operação de colhedora de cana”; “Oficina de programação e robótica”; “Noções de manutenção industrial”; “Noções em automação industrial”; “Workshop Maker”.

E, ainda, palestras com as temáticas “Atendimento ao público”; “Técnicas de Vendas”; “Rotinas administrativas”; “Marketing Digital”; “Comunicação interpessoal no trabalho”; “Relacionamento interpessoal no trabalho”; “Autoliderança”; “Práticas da NR 33” e “Práticas da NR 35”.

Parceiros

O Procon Goiás passa a integrar o programa a partir de agora. A 15ª edição conta com vários parceiros; dentre eles, Prefeitura de Rio Verde, Câmara Municipal de Rio Verde, Universidade de Rio Verde (UniRV), Associação Goiana dos Municípios (AGM), Saneago, Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-GO), Fundação Banco de Olhos, Fecomércio, Federação das Câmaras dos Dirigentes Lojistas (FCDL), Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds), Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa).

E, ainda: Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Federação da Agricultura do Estado de Goiás (Faeg), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Conselho Regional de Medicina do Estado de Goiás (Cremego), Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás, Centro Estadual de Referência em Medicina Integrativa e Complementar (Cremic), Vapt Vupt, Universidade Universo, Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa), Comando de Ações do Cerrado, Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-GO), Defensoria Pública do Estado de Goiás (DPE-GO), Polícia Civil do Estado de Goiás (PC-GO) e Polícia Militar do Estado de Goiás (PM-GO).

Edições anteriores

Já foram contemplados com o programa Alego Ativa, desde seu início, em 2019, os seguintes municípios:

  • 1ª Edição – Acreúna (31/5/2019)
  • 2ª Edição – São Simão (29/6/2019)
  • 3ª Edição – Luziânia (31/8/2019)
  • 4ª Edição – Alvorada do Norte (28/9/2019)
  • 5ª Edição – Catalão (19/10/2019)
  • 6ª Edição – Anápolis (30/11/2019)
  • 7ª Edição – Niquelândia (14/12/2019)
  • 8ª Edição – Itapuranga (29/2/2020)
  • 9ª Edição – Goianira (25/9/2021)
  • 10ª Edição – Morrinhos (23/10/2021)
  • 11ª Edição – Jataí (27/11/2021).
  • 12ª Edição – Hidrolândia (18/12/2021)
  • 13ª Edição – Goianésia (26/03/2022)
  • 14ª Edição – Novo Gama (09/04/2022).

Deixe um comentário